domingo, 27 de setembro de 2009

Que tal praticar Sandboard?


  Deslizar por dunas de areia realizando manobras radicais a bordo de uma prancha. Esse é o sandboard, um esporte que mistura as manobras do surfe, do skate e do snowboard, proporcionando muita adrenalina aos praticantes. A mistura de todos esses ingredientes fazem do sandboard uma ótima opção para os amantes da aventura.
  O esporte pode ser praticado em qualquer lugar que tenha uma duna. Os picos mais conhecidos no Brasil são Santa Catarina e o Ceará. Foi em Florianópolis que o esporte começou, então além da tradição lá estão dunas que oferecem excelentes condições aos sandboarders.
  O Brasil se torna referência mundial deste esporte radical. Digiácomo Dias, brasileiro, é tricampeão mundial e tetracampeão sul-americano. O atleta é o maior destaque no cenário nacional, e grande referência para quem está iniciando no sandboard.
  Caso você tenha se interessado pelo esporte e queira pratica-lo, deverá adiquirir os seguintes equipamentos:
   Prancha: sem dúvida o acessório mais importante para a prática do sandboard. Adaptada do snowboard, ela possui um tamanho aproximadamente entre 1,20m e 1,70m de comprimento. É geralmente feita de madeira ou de fibra (de vidro ou de carbono), revestida na face inferior com uma placa de fórmica, aço inox ou plástico, o que permite um maior deslizamento.

   - Deck: uma proteção de borracha que se coloca em baixo das presilhas, protegendo os tornozelos do impacto dos saltos. Eles ainda evitam que os pés escorregarem na hora da descida.
   - Vela: em contato com a areia, a vela faz com que a prancha deslize. Ela deve ser passada na parte inferior da prancha.
   - Botas de Sandboard: As botas funcionam como as botas de esqui e snowboard e diminuem a chance do snowboarder torcer o tornozelo, além de darem maior estabilidade ao atleta.
   - Capacete: Segundo Digiácomo Dias, a utilização dessa proteção é fundamental. "O capacete evita maiores problemas em caso de queda e estará sempre te ajudando".

“Há três coisas que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada, e a oportunidade perdida.”
Provérbio Chinês
FONTE DE PESQUISA: [O Radical]
FEEDO Pablito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário